DR. DIETER DUHM

 

 

Livros em alemão:

Fear in Capitalism (1972)

Synthesis of Science (1979)

Toward a New Culture (1982)

Political Texts for a Non-Violent Earth (1992) 

Livros em inglês:

The Sacred Matrix (2005)

Future without War (2007)

Eros Unredeemed (2010)

Biografia

1942: Nascido em Berlim, durante a Segunda Guerra Mundial. Teve uma infância difícil: Bombardeios à noite, evacuação para o sul do país, perseguido pelos jovens locais do vilarejo onde morava. Ele se mantém são através da pintura.

1954: Participa em ações de auxílio de organizações cristãs, como “Bread for the World”. Início da sua busca por Deus.

1964-1969: Estudos universitários com os quais se forma em diferentes áreas.

1967-1972:  Líder estudantil ativo na esquerda marxista. Publicação do best-seller “Angst in Kapitalismus” (“Medo no Capitalismo”)

1973: Deixa o seu trabalho no movimento marxista porque: “A luta anti-imperialista e a tentativa de desenvolver a partir dela novas formas de comunidade e socialism real fracassaram devido a conflitos humanos. Sem a criação de uma base sustentável para a convivência humana, eu não vejo mais sentido em continuar com o trabalho político.”
  
1974: Recebe três ofertas de professorado. Rejeita todas.
  
1976: Retira-se completamente de todas as estruturas do velho sistema. Passa cinco meses em um retiro à procura de uma maneira significativa de pôr um fim à violência ao redor do mundo – também em relacionamentos amorosos pessoais.

1978: Fundação do projecto “Bauhütte” (termo alemão para cabanas medievais onde moravam artesãos), o primeiro passo rumo à actual Tamera.

1984-1987: Experimento social de três anos com 40 participantes na Floresta Negra no sul da Alemanha. Busca novas soluções relativas a sexo, amor, parceria, comunidade, crianças, animais, estruturas de hierarquia em grupos e cooperação com a natureza. Em 1987 o projeto teve que ser encerrado devido a perseguição da mídia e acusações de formação de culto. Grupos menores se separam e dão continuidade ao trabalho em diferentes lugares.

A partir de 1990: À procura de um local para um novo começo. Não era mais possível trabalhar na Alemanha.

1995: Fundação do Centro de Pesquisas para a Paz Tamera, em Portugal, junto com sua parceira de vida Sabine Lichtenfels, onde cerca de 170 pessoas hoje moram e trabalham.

Desde 2005: Inicia-se a formação de uma rede mundial, desenvolvimento do Campus Global. Cursos sobre arte e cura, a matriz sagrada e a percepção holográfica do universo, e a teoria da cura global.